Chile e Cuba finalizam Seminário Internacional sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,140 (0,73%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,00%)

Imagem: Marcel Oliveira

EVENTO

Chile e Cuba finalizam Seminário Internacional sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta

O seminário é aberto gratuitamente a todos os públicos e está sendo transmitido online
Por:
42 acessos

4 de setembro é o último dia do Seminário Internacional sobre “Sistemas Agrossilvipastoris na América Latina e Caribe: pesquisa e experiência”. Chile e Cuba são os países que irão apresentar seus conhecimentos e práticas adquiridos. Às 16h, o pesquisador Sotomayor Garreton, do Instituto Florestal do Chile – INFOR, e o produtor Pablo Mata Almonacid (El caso del prédio “San Gabriel”) farão seus relatos. Às 17h30, será a vez de Cuba com os relatos do pesquisador Jesús Manuel Iglesias Gómez, da Estação Experimental de Pastos e Forragens Indio Hatuey - EEPyF-IH, e do produtor Pablo Brichel (Finca La Palma). O seminário, aberto gratuitamente a todos os públicos, está sendo transmitido online por meio do canal da Embrapa no YouTube: https://www.youtube.com/Embrapa desde o dia 1 de setembro. Assista as palestras já realizadas podem ser assistidas aqui.

O evento está reunindo pesquisadores e produtores do Brasil e de mais sete países da América Latina e Caribe para apresentar os sistemas agrossilvipastoris a produtores, técnicos, comunidade científica e interessados no tema, e ainda trocar experiências das instituições de pesquisa que estudam e realizam experimentos nesses sistemas no Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, México, Colômbia, Chile e Cuba.

O pesquisador Joaquim Costa, da Embrapa Cocais, destaca que o evento está sendo bastante proveitoso, por permitir a troca de conhecimentos entre pesquisadores e produtores. “Os pesquisadores mostram os cenários desses sistemas em seus países e as pesquisas realizadas e os produtores mostram sua experiência e visão com a adoção da tecnologia. É a pesquisa participativa, o que fortalece os resultados. Espera-se que este seminário internacional fortaleça a rede entre esses países com o objetivo de captar recursos para difusão desses sistemas em cada um dos países envolvidos. A ILPF é uma tecnologia que se adapta aos diversos biomas e às necessidade dos produtores, além de permitir mais sustentabilidade econômica social e ambiental”.

O evento foi uma articulação da Embrapa Cocais, unidade da Embrapa no Maranhão, e tem coordenação das seguintes instituições, por país participante: Brasil - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária/Embrapa Cocais, Associação Rede ILPF e Gintegra; Argentina - Rede Argentina de Ciência e Tecnologia Florestal – Conicet; Chile - Instituto de Ciências Agroalimentares, Animais e Ambientais - Universidade de O'Higgins; Colômbia - Centro de Pesquisa em Sistemas Sustentáveis de Produção Agropecuária; Cuba - Estação Experimental de Pastos e Forragens Indio Hatuey; México - Rede Temática de Sistemas Agroflorestales de México; Paraguai - Faculdade de Ciências Agrárias - Universidade Nacional de Assunção; Uruguai - Polo Agroflorestal - Casa da Universidade de Cerro Largo - Universidade da República e Rede Global de Sistemas Agrossilvipastoris.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink