Agronegócio

Chile envia primeira missão ao Brasil nesta segunda-feira

Os técnicos vão analisar carnes bovinas, suínas e de aves, processada e in natura
Por: -Redação
1 acessos

O Chile enviará três missões ao Brasil para habilitar estabelecimentos produtores de carnes bovinas, suínas e de aves, processada e in natura. Os técnicos vão visitar Rondônia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, informou nesta sexta-feira (19-01) a Secretaria de Relações internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Outros estados e estabelecimentos podem ser incluídos no roteiro dessas visitas.

Nesta segunda-feira, chega ao Brasil a primeira missão chilena que visitará Rondônia para habilitar estabelecimentos de carne bovina “in natura”. A delegação permanece no Brasil até a quarta-feira. A segunda delegação chilena estará no país, dos dias 05 a 09 de fevereiro, para inspecionar frigoríficos em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Os dois estados já estão autorizados a vender carne bovina para o mercado chileno.

No dia 26 de fevereiro, virá ao Brasil o terceiro grupo de técnicos do governo chileno que inspecionará estabelecimentos de carnes processadas de aves e suínos em vários estados brasileiros. A missão ficará no país até o dia 09 de março. Os chilenos estiveram no Brasil em junho do ano passado para suspender as restrições comerciais impostas sobre as carnes de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O embargo foi imposto em outubro de 2005 devido à ocorrência de febre aftosa no Mato Grosso do Sul e Paraná.

No ano passado, o Brasil exportou para o Chile cerca de US$ 20 milhões em carnes e US$ 25 milhões de produtos de origem animal, sendo a maior parte de carne bovina “in natura”. As informações são da assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink