China bloqueia óleo de soja argentino como represália política

Agronegócio

China bloqueia óleo de soja argentino como represália política

Governo Macri investiga fraudes
Por: -Leonardo Gottems
1049 acessos

Autoridades do governo central da China bloquearam recentemente a entrada de óleo de soja argentino como medida de retaliação à revisão de contratos de empresas chinesas para obras em represas no país. As represas, chamadas de Nestor Kirchner e Jorge Cepernic, estão sob suspeita de propinas bilionárias e de alto risco ambiental. 

A interrupção das obras se deu poucos após a assunção da administração Macri na Argentina, que anunciou uma grande revisão de custos financeiros, ambientais e sociais. Não é a primeira vez que produtos de outros países são bloqueados na China por razões políticas, informa o Blog AgroSouth News.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink