Milho

China eleva estimativa de importação de milho em 2017/18 para 1,2 mi t

A projeção chegou a 200 mil toneladas
Por:
304 acessos

A China elevou nesta sexta-feira sua projeção para as importações de milho em 2017/18 em 200 mil toneladas, para 1,2 milhão de toneladas, informou o Ministério da Agricultura em relatório mensal, conforme uma alta nos preços domésticos encoraja compradores a buscar importações mais baratas.

Os estoques finais de milho da China para o ano-safra 2017/18, que se encerra em setembro foram estimados em um déficit de 4,37 milhões de toneladas, ante previsão no mês anterior de déficit de 4,57 milhões de toneladas, disse o ministério no relatório mensal de estatísticas de oferta de demanda.

Enquanto isso, a China reduziu sua projeção para a área de soja em 2017/18 para 8,1 milhões de hectares, queda de 95 mil hectares, segundo o relatório.

As importações de óleo de soja da China em 2017/18 foram estimadas em 300 mil toneladas, abaixo das 350 mil toneladas da previsão anterior, uma vez que crescentes importações de soja resultaram em maior produção doméstica de óleo, disse o ministério.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink