China exporta menos agroquímicos em 2015
CI
Agronegócio

China exporta menos agroquímicos em 2015

Baixa de 9,2% entre janeiro a novembro ante 2014
Por: -Leonardo Gottems

Pela primeira vez nos últimos cinco anos, a China vai amargar quedas nas exportações de defensivos agrícolas em 2015. De acordo com dados do Bureau Nacional de Estatísticas da China, as vendas externas de pesticidas somaram 138,15 milhões de toneladas de janeiro a novembro deste ano – o que representa uma baixa de 9,2% em comparação ao mesmo período de 2014, quando foram comercializadas 164,17 milhões de toneladas. 

Em valores cotados em Dólares norte-americanos, houve diminuição de 17,71% - o equivalente a US$ 20,9 bilhões, despencando de US$ 87,60 bilhões em 2014 para US$ 66,70 bilhões este ano. As cifras foram divulgadas pelo Portal ChemLinked, editado pelo Reach24H Consulting Group. 

“A principal razão que levou à diminuição da produção de pesticidas é a pressão ambiental e o custo da matéria-prima”, explicou Wen Jun Zhang, diretor do Icama (International Communication Department) durante a 3ª Conferência de Importação e Exportação de Pesticidas. No entanto, Zhang acredita numa queda do lobby ambientalista e no aumento das exportações entre 2016 ou 2017.

Confira alguns gráficos:


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.