China importa mais algodão

Agronegócio

China importa mais algodão

Os preços do algodão já subiram 16% neste ano na Bolsa de Nova York
Por:
1 acessos

A China, maior importador mundial de algodão, pode aumentar em até 50% suas cotas de importação neste ano em razão da forte demanda e dos baixos estoques internos, prevê a consultoria Beijing Orient Agribusiness Consultant. A cota deste ano é de 894 mil toneladas de algodão, mas ainda há um remanescente de 500 mil toneladas da cota do ano passado que não foi utilizada. O governo pode editar uma medida com uma cota extra para mais 500 mil toneladas. Os estoques atuais, de 2,5 milhões de toneladas, são suficientes para o consumo de apenas três meses. Os preços do algodão já subiram 16% neste ano na Bolsa de Nova York, em razão da expectativa de que a China entre no mercado comprando grandes quantidades.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink