China pedirá a processadores de carne teste para vírus da PSA

Carne

China pedirá a processadores de carne teste para vírus da PSA

Testes devem iniciar no dia primeiro de maio
Por:
60 acessos

O Ministério da Agricultura da China afirmou nesta quarta-feira que irá pedir a processadores de carne suína que trabalham com o produto in natura para que testem para a presença do vírus da peste suína africana a partir de 1º de maio. Os procedimentos mais rígidos vêm após o vírus ter continuado a se espalhar pelo maior rebanho de suínos do mundo, sendo frequentemente encontrado em produtos alimentícios.

O vírus é inofensivo para humanos, mas pode ser transmitido a outros porcos através do consumo de sobras de alimentos que não foram adequadamente processados. A doença geralmente é fatal para porcos. Os processadores deverão ser inspecionados e mostrar certificados que atestem que os produtos suínos comprados, incluindo carne importada, não contêm o vírus, disse o comunicado publicado no website do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais.

Departamentos de supervisão dos mercados provinciais organizarão amostras de produtos suínos para checar pelo vírus, acrescentou a nota. A China reportou 116 surtos da peste suína africana desde que a doença foi detectada no último mês de agosto, apesar de muitos acreditarem que os números reais são muito piores que os oficialmente divulgados.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink