China quer cooperativas atuantes na comercialização da safra

Agronegócio

China quer cooperativas atuantes na comercialização da safra

Por:
1 acessos

O governo da China exortou as cooperativas a expandirem seu papel na comercialização da safra agrícola. De acordo com o vice-premier Hui Liangyu, as cooperativas deveriam se esforçar em atender às necessidades dos agricultores. Estas entidades vendem a produção por meio de 1,2 mil mercados, que no ano passado faturaram US$ 11 bilhões.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink