China subsidia preços do milho
CI
Agronegócio

China subsidia preços do milho

Por:

A China começou a subsidiar os preços do milho e do arroz em partes das províncias de Jilin e Anhui, para substituir as compras estatais com preços garantidos. Essa é uma reforma experimental dos mercados agrícolas. Nesse teste de quatro meses, os produtores rurais em algumas áreas da província de Jilin, no nordeste, e na de Anhui, no leste do país, receberão subsídios do governo com base na média dos preços das duas colheitas no período dos cinco anos entre 1994 e 1998, divulgou o China National Grain & Oils Information Center.

O subsídio médio para o arroz e o milho será de 90 yuans (US$11) por tonelada, informou a instituição chinesa. A China está pagando um subsídio a alguns de seus produtores agrícolas para que cultivem cereais, a fim de eliminar gradativamente o sistema vigente há meio século de preços fixados pelo país, e prepará-los para uma maior concorrência no âmbito da OMC.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.