China tem mais a perder em briga com EUA

Agronegócio

China tem mais a perder em briga com EUA

Diz analista de conjuntura internacional Jorge Castro
Por: -Leonardo Gottems
4743 acessos

O analista de conjuntura internacional argentino Jorge Castro tem uma visão diferente sobre uma possível ‘guerra’ comercial entre Estados Unidos e China. Para o especialista, que é presidente do Instituto de Planejamento Estratégico, os asiáticos têm muito mais a perder com uma eventual disputa envolvendo os dois gigantes da economia mundial. 

De acordo com Castro, é improvável que o presidente eleito norte-americano Donald Trump aplique uma sobretaxa de 35% em produtos chineses. No entanto, na visão dele os EUA devem tirar as negociações com o país asiático do âmbito da Organização Mundial do Comércio e levar para uma dimensão bilateral.

“Nessa disputa, ele deve pedir uma abertura maior da economia chinesa, com o ingresso de mais produtos tecnológicos americanos. Se engana quem pensa que a China não tem a perder. Se reagir com uma sobretaxa aos grãos, Argentina e Brasil podem fornecer, mas não seria o suficiente para evitar uma crise alimentar na China. Além disso, a China também querem que os EUA vão bem por ter títulos da dívida americana”, explicou.

Para o analista argentino, a redução do imposto de renda corporativo de 35% para 15% nos Estados Unidos deve gerar um grande retorno de capitais. “Acredito que o plano vai fazer com que o emprego industrial cresça e a economia americana volte a crescer na casa de 3% ou 4%”, conclui.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink