China vende estoques estatais de soja para aliviar oferta
CI
Agronegócio

China vende estoques estatais de soja para aliviar oferta

A soja oferecida pela estatal é parte dos estoques importados
Por:
A China está vendendo entre 1 milhão e 1,5 milhão de toneladas de soja de reservas estatais para aliviar a apertada oferta disponível para as esmagadoras do país, em meio a um congestionamento nos portos brasileiros que está atrapalhando os embarques para o país asiático, maior importador mundial da oleaginosa, disseram traders nesta quinta-feira.


A soja oferecida pela estatal Sinograin é parte dos estoques de soja importada que teriam que ser recuperados mais tarde, com carregamentos da América do Sul ou dos Estados Unidos, disseram os traders.

O executivo de uma esmagadora disse que a companhia havia comprado um grande volume de soja a preços de mercado da Sinograin.

A soja importada era oferecido a 4.650 iuans (750 dólares) por tonelada nesta quinta-feira em um importante porto chinês, segundo os traders.

A China deverá importar menos de 4 milhões de toneladas de soja tanto em março quanto em abril devido aos atrasos nos portos brasileiros, enquanto as indústrias compram normalmente 5 milhões de toneladas por mês, disseram os traders.

Uma trader chinesa disse esta semana que cancelaria compras de 2 milhões de toneladas de soja brasileira devido aos atrasos no Brasil, elevando as preocupações sobre uma queda na demanda por parte do país que compra 60 por cento da soja comercializada no mundo.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.