Agronegócio

Chove e últimas lavouras de soja são plantadas em Sorriso (MT)

Sorriso é campeão brasileiro na produção do grão, mas a crise que o setor agrícola tem enfrentado, resultou na queda no valor da produção de 41% em 2005
Por: -Tania Rauber
1 acessos

Depois de alguns dias de estiagem, voltou a chover nesse final de semana em Sorriso, e muitos produtores aproveitaram para encerrar o plantio em suas últimas lavouras. A estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola (Imea) é que 98% da área destinada à soja, cerca de 520 mil hectares, já esteja plantada no município.

Sorriso é campeão brasileiro na produção do grão, mas a crise que o setor agrícola tem enfrentado, com a redução dos preços da soja e endividamento dos produtores, resultou na queda no valor da produção de 41% em 2005. O município passou da primeira para a quarta colocação no ranking nacional.

Hoje, a saca da oleaginosa está cotada em R$ 21,30. Em 2004, o valor pago passou de R$ 50. Uma das alternativas encontradas pelos produtores está nos leilões realizados pelo Governo Federal, que estão antecipando a colheita da safra 2006/07 e garantindo os preços ao setor.

Sojicultores esperam que os prêmios, mesmo não garantindo a liquidação dos investimentos na safra passada, garantam o pagamento dos custos e o lucro para que os produtores se mantenham até a próxima safra.

Outra preocupação dos produtores é com a prevenção de pragas e doenças. A confirmação do foco de ferrugem em uma unidade de alerta, há duas semanas, fez com que produtores intensificassem os cuidados e aplicação de fungicidas. Cerca de 25% das lavouras já estão florescidas e o restante em fase de germinação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink