Chuva avança pelo Brasil
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Chuva avança pelo Brasil

Enquanto Sudeste e Centro-Oeste registram bons volumes, no Sul as lavouras sofrem
Por: -Eliza Maliszewski

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) entre a noite de quinta-feira (2) e amanhecer dessa sexta feira (13) as chuvas se concentraram na região Sudeste e no estado do Santa Catarina. Com acumulados expressivos acima dos 50 mm no centro sul de Minas Gerais, como nos municípios de Viçosa, Carangola, Jeceaba e Guaraciaba. Belo Horizonte está na linha de chuvas excessivas e pode ultrapassar os 200mm neste final de semana. No estado do Rio de Janeiro como Três Rios, Paraíba do Sul e Carmo. Em Volta Redonda, também no estado do Rio de Janeiro, foram registrados 73mm de volume de chuva em 24 horas.

No interior de São Paulo, mais precisamente em São Miguel Arcanjo, os prejuízos causados pela chuva não eram registrados há uma década. Foram 65 mm de chuva em apenas 20 minutos que inundaram ruas e casas e até uma ponte foi derrubada.Essa chuva na região Sudeste foi provocada pela influencia de uma região de baixa pressão no oceano e alimentada pelo fluxo de umidade que vem da região Amazônica. 

Também tivemos chuvas na forma de pancadas isoladas nas estados do Mato Grosso, Tocantins, Amazonas, Piauí e Ceará. Para Goiás há alerta laranja com chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos de 60 a 100 km/h. Os temporais causaram destelhamento de galpões, alagamentos e queda de árvores em Goiânia. O estado segue com previsão de chuvas fortes durante todo final de semana.

Já em estados que vivem a estiagem forte como Rio Grande do Sul e Santa Catarina foram apenas algumas pancadas. Para o final de semana o estado gaúcho tem previsão de chuva forte, especialmente na faixa entre o Norte do estado e o Paraná. Depois de um sábado que deve ter temperaturas acima dos 30 graus, a previsão é de chuva acima de 100mm e granizo.

VEJA: RS: prejuízo com estiagem no campo já é de R$ 12 milhões

VEJA: SC vai investir R$ 15 milhões contra estiagem

A chuva é muito esperada no Sul, uma vez que, os impactos já são sentidos com força na lavoura. O milho é o que sofre os maiores efeitos. No norte gaúcho, no município de Ijuí, as perdas na cultura já são estimadas em mais de 50%. Segundo a Emater a umidade é fundamental na fase de floração que está em cerca de 7% das lavouras. As plantas tem tamanho baixo e com folhas retorcidas e secas não servem nem para silagem. O plantio de soja também avança lentamente e as áreas que já foram semeadas têm dificuldade de emergir.

Veja algumas fotos:

Lavoura de milho em Lagoa Vermelha (RS) - Foto: Silvia Stangherlin 

Milho em Palmitinho (RS) - Foto: Emater

Soja emergindo em São Sepé (RS) - Foto: Graziele de Camargo 

Irrigação ligada no fumo em Agudo (RS) - Foto: Márcio Kemmerich

Lavoura em Barra Bonita (SC) - Foto: Epagri

Maiores acumulados de chuva nas ultimas 12h pelas estações do INMET e Cemaden. 
71.2mm - VIÇOSA-MG (Vale do Sol)
70.2mm - VIÇOSA-MG (Centro)
67.2mm - TRES RIOS - RJ (INMET)
66.9mm - TRÊS RIOS-RJ (Moura Brasil)
66.2mm - VIÇOSA - MG (INMET)
65.0mm - VIÇOSA-MG (São José do Triunfo)
62.4mm - CARANGOLA-MG (Caixa D´Agua)
62.2mm - TRÊS RIOS-RJ (Vila Isabel)
61.0mm - JECEABA-MG (Centro)
58.2mm - MIRADOR-MA (Muriçoca)
57.7mm - PARAÍBA DO SUL-RJ (Limoeiro)
56.9mm - TRÊS RIOS-RJ (Purys)
54.2mm - GUARACIABA-MG (Centro)
53.2mm - CARMO - RJ (INMET)
52.8mm - VIÇOSA-MG (Fatima)
52.4mm - CARANGOLA-MG (Lacerdinha)
52.2mm - MATÕES-MA (Prefeitura Municipal)
48.4mm - MACUCO-RJ (Bairro Reta)
48.1mm - TRÊS RIOS-RJ (Mirante Sul)
47.8mm - MANHUAÇU-MG (Todos os Santos)
46.6mm - MANHUAÇU-MG (Pouso Alegre)
46.6mm - CAPUTIRA-MG (Centro)
45.6mm - ITAPERUNA-RJ (Distrito de Raposo)
44.6mm - CURITIBA-PR (Santa Felicidade)
43.6mm - JACAREÍ-SP (São João)
43.4mm - UBÁ-MG (Aeroporto)
42.8mm - TRÊS RIOS-RJ (SAAETRI)
42.4mm - NATIVIDADE-RJ (Centro)
40.3mm - CONSELHEIRO LAFAIETE-MG (Santa Efigênia)
39.4mm - PIRANGA-MG (Rosário)
39.4mm - CONSELHEIRO LAFAIETE-MG (Belavinha)
39.0mm - SÃO PEDRO DOS FERROS-MG (Centro)
39.0mm - ERVÁLIA-MG (Centro)
38.6mm - TEFÉ-AM (Centro)
38.3mm - BRUSQUE-SC (Souza Cruz)
37.9mm - RODEIO-SC (Centro)
37.4mm - UBÁ-MG (Otacilio Coutinho)
36.8mm - ARARAQUARA-SP (Centro)
36.8mm - GASPAR-SC (SAMAE ETA-V)
36.0mm - SÃO SIMÃO - SP (INMET)
35.5mm - ALÉM PARAÍBA-MG (Campo Alegre)
34.8mm - BLUMENAU-SC (Santa Rita)
34.8mm - MURIAÉ-MG (Centro4)
34.6mm - BRUSQUE-SC (Limeira)
34.4mm - ITAJAÍ-SC (São Roque)
33.1mm - BRUSQUE-SC (Steffen)
33.1mm - CONSELHEIRO LAFAIETE-MG (Buarque de Macedo)
33.0mm - GUAÇUÍ-ES (Antonio E. Moreira)
32.4mm - ESPERA FELIZ-MG (Centro)
32.2mm - RIO CASCA-MG (Centro)


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink