Chuva causa perdas no fumo e no feijão em Boqueirão do Leão (RS)


Agronegócio

Chuva causa perdas no fumo e no feijão em Boqueirão do Leão (RS)

Por:
6 acessos

Uma equipe da Defesa Civil deve visitar o município de Boqueirão do Leão, no Vale do Rio Pardo, no Rio Grande do Sul, na manhã de hoje. A quebra nas safras de fumo e feijão fez o município decretar situação de emergência há seis dias. Conforme o secretário municipal de Agricultura, Ademir Dalbosco, o excesso de chuva nos meses de outubro e novembro do ano passado foi o responsável pelas perdas.

Um levantamento realizado pela secretaria constatou que foram prejudicados mais de 48% dos 3,3 mil hectares de fumo, nos quais a produtividade média é de 2,1 mil quilos por hectare. A situação é ainda pior nas lavouras de feijão: 80% da produção está comprometida. As duas culturas, juntamente com o milho, são as principais fontes de renda em Boqueirão do Leão.

Dalbosco calcula que as perdas poderão ultrapassar R$ 10 milhões, causando prejuízos, inclusive, para o comércio local e para a arrecadação do município, de 7,8 mil habitantes. Mais de duas mil famílias dependem das plantações de fumo e feijão do município.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink