Chuva pode dar alívio no Sul nesta quarta-feira
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Chuva pode dar alívio no Sul nesta quarta-feira

Na região centro-oeste, as chuvas serão na forma de chuva de verão no MT
Por: -Eliza Maliszewski

Para esta quarta-feira (30/12) o padrão atmosférico sofreu poucas alterações em relação ao dia anterior, principalmente nos sistemas em maiores altitudes como o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) no nordeste, a Alta da Bolívia no oeste do continente sulamericano. A interação desses dois sistemas, VCAN e Alta da Bolívia, somados a outros à outras instabilidades, calor e umidade, mantém as condições para chuvas no corredor de norte a sul do Brasil.

Além disso, a aproximação de uma frente fria ao sul, promete mudança no tempo no decorrer do dia. Na região Norte no entre a noite e a madrugada de hoje, os temporais ocorreram de maneira mais isolada e localmente fortes no leste do estado do AM e litoral do PA, porém no decorrer do dia com o aquecimento e umidade disponíveis, as chuvas ocorrerão de forma melhor distribuída do AC ao PA, com a possibilidade de ser localmente forte. No TO, o tempo permanece mais seco devido ao centro do VCAN estar sobre o estado, mas não se descarta uma chuva de forma muito localizada por conta do aquecimento diurno.

Na região centro-oeste, as chuvas serão na forma de chuva de verão no MT, sendo de forma menos regular no decorrer do dia, na forma de pancadas e mal distribuídas. Já no MS, a influência de uma baixa pressão no país vizinho, favorece a condição para pancadas de chuva forte, principalmente na região sul do estado. No GO, pancadas de chuva isoladas na região sul e tempo mais firme no norte do estado, com um comportamento muito parecido com o tempo no TO.

Na região sudeste, um sistema de baixa pressão no litoral e a presença de um cavado (região alongada de baixa pressão), fortalece as chuvas volumosas entre o sul de MG, RJ, e SP. Sendo que em SP há condições para pancadas de chuva em todo o estado devido ao calor e umidade.

Na região sul, a aproximação de um sistema frontal, eleva as temperaturas e a umidade, dando a sensação de abafamento na parcela centro-sul do RS e com condição para temporais durante a passagem da frente fria. A região de baixa pressão sobre o país Paraguai, influencia também no oeste do PR e de SC e um outro cavado no litoral de SC mantém as instabilidades na região e na forma de chuvas de verão, com pancadas mal distribuídas e podendo ser localmente fortes.

Já do norte de MG, ES até o PI, o tempo fica seco com exceção do litoral onde pode acontecer uma chuva passageira e no MA, que está sob influência da borda superior do VCAN e tem condições para chuva localmente forte.

*Com base nas informações da equipe Agrotempo


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink