Chuva prejudica produção de tomate na região de Marília/SP

Agronegócio

Chuva prejudica produção de tomate na região de Marília/SP

O trato da lavoura fica mais difícil e aumenta a incidência de doenças com as chuvas
Por:
362 acessos

O excesso de chuva tem causado problemas para os produtores de tomate da região de Marília, em São Paulo. O trato da lavoura fica mais difícil e aumenta a incidência de doenças.

A poucos dias da colheita o agricultor Rodolfo Zuliane levou um susto. Cerca de dois mil pés de tomate foram contaminados por bactérias. O produtor investiu R$ 15 mil na plantação que fica em Avencas, distrito de Marília. A expectativa era lucrar o dobro, mas ele só teve prejuízos.

“Choveu demais em uma época que a gente não esperava e a gente não conseguiu fazer as aplicações devidas”, lamentou seu Rodolfo.

A chuva é sempre bem-vinda para o agricultor. Só que o excesso facilita a entrada de fungos e bactérias na lavoura. O problema é que visivelmente o fruto fica bonito, mas com manchas. Isso diminui o valor do produto no mercado.

Em Echaporã, o agricultor Emílio Venâncio teve que redobrar os cuidados com a plantação. Mesmo assim alguns frutos ficaram danificados. Ele contou que além de vender a caixa com 27 quilos mais barata, a produção ficou 15% mais cara.

“Tivemos que redobrar os cuidados com defensivos. Isso encarece um pouco mais, mas é o que temos que fazer para produzir alguma coisa ainda”, disse Venâncio.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink