Chuva salva 10% das plantações de milho de Dourados (MS)

Agronegócio

Chuva salva 10% das plantações de milho de Dourados (MS)

A chuva que caiu esta noite somada às esparsas ocorridas nos últimos dias deve salvar 10% do milho
Por:
1 acessos

A chuva que caiu esta noite somada às esparsas ocorridas nos últimos dias deve salvar 10% do milho plantado em Dourados, maior pólo produtor de Mato Grosso do Sul, segundo acredita o presidente do Sindicato Rural local, Gino José Ferreira.

Ele que até sexta-feira passada falava em 100% de perda agora corrigiu a estimativa para 90%. “Anima o produtor”, diz. De ontem para hoje choveu 100 milímetros (100 litros por metro quadrado) em Dourados, quantidade que não era registrada há pelo menos três meses, segundo Gino. A área plantada com milho é de 65 mil a 80 mil hectares.

O Mato Grosso do Sul é o Estado brasileiro mais prejudicado do País até agora em decorrência da estiagem prolongada, segundo avaliação do IBGE.As últimas informações, coletadas em março, apontam em Mato Grosso do Sul redução de 19,67% na produção e 19,23% na produtividade esperada de soja. O cenário que se desenha para Mato Grosso do Sul, acompanhando o nacional, é de uma grave crise de desabastecimento de milho. A demanda interna anual por milho, incluindo aviários e granjas de suínos, é de 950 mil toneladas. Este ano foram produzidas 400 mil toneladas na safra de verão e a de inverno é uma incógnita.

O superintendente de Agricultura e Pecuária da Seprotur (Secretaria de Produção e Turismo), Benedito Mário Lázaro, admite que a seca deverá ser muito sentida este ano e acredita que as perdas cheguem na média a 60% ou 70% do que foi plantado para a safrinha.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink