Chuvas beneficiam lavouras de soja em Santo Ângelo (RS)

Agronegócio

Chuvas beneficiam lavouras de soja em Santo Ângelo (RS)

A distribuição irregular das chuvas interfere positivamente no potencial produtivo da soja no município
Por: -Redação
2 acessos

A distribuição irregular das chuvas interfere positivamente nas lavouras de soja e no seu potencial produtivo no município de Santo Ângelo (RS). Segundo o coordenador técnico da Cotrisa, o agrônomo João Becker, a cultura está na fase de desenvolvimento vegetativo em 80% da área e já com 20% na fase de floração (período reprodutivo).

Foram plantados 244.600 hectares. Becker lembra que, no período reprodutivo, a soja entra na sua etapa mais crítica em termos de exigência de umidade e que as boas condições para a produção também são as melhores para a ocorrência da ferrugem.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink