Chuvas do fim de semana trazem benefícios ao RS

Agronegócio

Chuvas do fim de semana trazem benefícios ao RS

A chuva que caiu neste final de semana no RS amenizou alguns efeitos da estiagem que há mais de dois meses castiga o Estado
Por:
1 acessos

A chuva que caiu neste final de semana no Rio Grande do Sul amenizou alguns efeitos da estiagem que há mais de dois meses castiga o Estado. De acordo com o subchefe da Defesa Civil do Estado, tenente-coronel João Luiz Soares, os principais benefícios verificados foram a recuperação dos reservatórios superficiais para o abastecimento da população e dos animais, bem como a diminuição do risco de incêndios na vegetação, que vinham acarretando mais prejuízos econômicos e levando riscos à saúde e a segurança da população.

A chuva começou às 9h38min da manhã de sábado (12-03), no município de Uruguaiana e, na seqüência, atingiu 100 % do território gaúcho. Até a metade da manhã deste domingo (13-03), a quantidade de chuva medida pela Rede de Estações de Climatologia Urbana de São Leopoldo, apresentava valores de 55,7 mm em Porto Alegre, 69 mm em São Borja, 4 mm em Rio Grande, e 45,5 mm em São Luiz Gonzaga. Entretanto, relatos feitos no interior de São Luiz Gonzaga, através de medições extra-oficiais, marcavam 85 mm, quase o equivalente à média histórica da região, para todo o mês de março.

De acordo com o tenente-coronel João Luiz Soares, as ações preventivas e recuperativas realizadas pelo governo do Estado, como a abertura de poços artesianos, limpezas de fontes hídricas, construção e manutenção de açudes e de redes de abastecimento continuarão a serem implementadas nas áreas urbanas e rurais, visando atender a demanda da população.

Simulações computadorizadas processadas pela Rede de Estações de Climatologia Urbana de São Leopoldo, indicam que, entre 18 e 20 de março, podem ser registradas precipitações de fraca a média intensidade, sobretudo nas regiões Norte e Leste gaúcho. Entre os dias 26 e 28 de março poderão ser registradas precipitações mais generalizadas e até de forte intensidade devido a um sistema de baixa pressão no norte argentino.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink