Chuvas em excesso afetaram os negócios na Ceasa de MG
CI
Agronegócio

Chuvas em excesso afetaram os negócios na Ceasa de MG

A queda da oferta provocou alta de 4,3% nos preços médios
Por:

O longo período de chuvas gerou reflexo na oferta de hortifrutigranjeiros na Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (CeasaMinas), em Contagem (Região Metropolitana de Belo Horizone). Os produtos apresentaram retração de 4% em fevereiro deste ano ante igual período de 2006 e o volume total ofertado foi de 101,3 mil toneladas.

A queda da oferta provocou alta de 4,3% nos preços médios, que fecharam em R$ 0,96 o quilo, diante da mesma base de comparação. Em fevereiro toda a comercialização na CeasaMinas girou R$ 209,2 milhões.

De acordo com o coordenador de Informações de Mercado da CeasaMinas, Ricardo Martins, além do extenso período chuvoso, outro fator que provocou a redução da oferta de produtos hortifrutigranjeiros foi o período de entressafra. O grupo das hortaliças puxou a queda e sua oferta em fevereiro deste ano foi 3% inferior à apresentada em igual época do ano passado, fechando em torno de 52 mil toneladas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink