Chuvas favorecem lavouras de café no interior de Minas Gerais
CME MILHO (SET/20) US$ 3,110 (-25,06%)
| Dólar (compra) R$ 5,33 (0,80%)


Café

Chuvas favorecem lavouras de café no interior de Minas Gerais

Segundo especialista, o ano de 2018 está dentro da normalidade em relação ao clima ideal, o que é bom para a produção
Por:
1902 acessos

As chuvas que se iniciaram em dezembro, e seguem até o momento no interior de Minas Gerais, estão influenciando positivamente as lavouras de café da região. “A chuva é importante no enchimento dos grãos, e tendo umidade do solo, seu crescimento vegetativo fica muito bom”, explica Claudio Afonso Rosendo, engenheiro agrônomo da região.

De acordo com o meteorologista da Climatempo Vitor Hassan, até o final desta semana as pancadas de chuva devem continuar ocorrendo em bons volumes no interior do estado. “A partir do dia 27 de março e inicio de abril, as chuvas vão diminuir bastante em intensidade e frequência para o interior de Minas e regiões produtoras de café”, afirma o meteorologista.

Em consequência da boa produtividade, o preço da saca do café tem diminuído no mercado. “Devemos ter a saca de 60 kg saindo por R$ 430 a R$ 438. É normal que o preço caia quando a produção é boa”, diz Rosendo. De acordo com o especialista, os agricultores devem colher uma média de 30 sacas por hectare.

Entre as principais cidades produtoras no interior do estado, estão Varginha, Três Pontas, Cooxupé, Cambuquira e Campanha. O clima ideal para a produção da cultura tem temperatura média de 18°C a 26°C e chuvas bem distribuídas, perto dos 140 mm por mês. “Por enquanto, o ano de 2018 está dentro da normalidade”, finaliza o agrônomo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink