Chuvas liquidam 1,97% das lavouras de arroz no Rio Grande do Sul
CI
Agronegócio

Chuvas liquidam 1,97% das lavouras de arroz no Rio Grande do Sul

Por:

As chuvas que caíram, desde o final de novembro até o dia 25 deste mês, sobre as lavouras de arroz provocaram a redução na área final, para a safra 2003/04, de 1,97% em todo o Estado, ou seja, 20.320 hectares plantados tiveram perda total. Esses números foram divulgados ontem pelo Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga). As regiões mais atingidas foram a Fronteira Oeste (Erfo) e a Depressão Central (ERDC).

Essa perda expressiva por inundação não era vista há muito tempo no Estado, confirmou o diretor comercial do Irga, Rubens Silveira. Porém ainda há otimismo no setor, pois prevê-se um crescimento de 6% na área plantada, apesar de ser 3% menor do que a expectativa inicial, que era de 1,04 milhões de hectares contra os 955 mil hectares da safra passada (2002/03).

Rubens Silveira explicou que até o momento foi efetivamente plantada uma área de 1,03 milhões, ou seja, 95% abaixo do esperado. Com a perda total de 1,97% das lavouras, os 9% iniciais caíram para 6%, aproximadamente. "Mas ainda dá para comemorar o avanço", assegurou.

A expectativa de produção para a próxima safra é de 5,7 mil quilos por hectare, cerca de 20% a mais que na colheita 2002/03. Essa boa notícia se deve a dois fatores: o aumento de tecnologia proporcionada pelo Projeto 10 do Irga e o clima que favoreceram o plantio em tempo certo, principalmente na Zona Sul do Estado. "Até 10 de novembro tínhamos 90% da área plantada", lembrou Silveira.

Pelos números do Irga a Zona Sul é a única que não perdeu nada até agora e mantém a área plantada de 172.232 hectares intacta. Nos próximos dias os técnicos esperam que os níveis dos rios se normalizem para que seja feita uma nova avaliação dos locais atingidos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink