Chuvas no RS atrasam colheita do arroz
CI
Agronegócio

Chuvas no RS atrasam colheita do arroz

A área colhida avançou apenas 3 pontos percentuais, alcançando os atuais 8%
Por:

A cultura termina a primeira semana de março com mais de um terço (35%) de suas lavouras em condições de serem colhidas. Entretanto, as condições meteorológicas adversas ocorridas nos últimos dias no Rio Grande do Sul, com dias nublados, úmidos e ocorrência de chuvas freqüentes, impediram um ritmo mais forte na retirada do produto das lavouras. A área colhida avançou apenas três pontos percentuais em relação à semana anterior, alcançando os atuais 8%. A continuidade de condições adversas nas principais regiões produtoras (novamente prevista para os próximos dias, segundo a meteorologia) poderá trazer mais atraso nos trabalhos de colheita desta safra, que já se encontra um ponto percentual atrás da anterior e também da média das últimas cinco.

As primeiras colheitas, apesar de poucas, vêm confirmando boas produtividades, com várias lavouras obtendo rendimentos acima dos 7 mil kg/ha e com boa qualidade de grãos. As que se encontram em processo de maturação fisiológica também apresentam bom potencial, indicando que poderão ficar acima da produtividade média esperada atualmente em 6.152 kg/ha.

Na comercialização, a semana trouxe ganhos aos produtores. A recente liberação de recursos por parte do Governo Federal parece começar a fazer efeito, apesar do pouco volume negociado. A saca de 50 kg teve uma valorização de 1,18% no preço médio oferecido ao produtor, passando para R$ 18,80 em âmbito estadual, com oscilações entre um mínimo de R$ 18,00 e um máximo de R$ 20,00 dependendo da praça consultada. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink