Chuvas voltam com intensidade às áreas de soja do país só em janeiro, diz Somar

Agronegócio

Chuvas voltam com intensidade às áreas de soja do país só em janeiro, diz Somar

Após um período quente e com pouca chuva, as precipitações voltam no início de janeiro com mais intensidade
Por:
985 acessos

Após um período quente e com pouca chuva na maior parte das áreas produtoras de soja do Brasil, as precipitações voltam no início de janeiro com mais intensidade no Paraná e nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, além do Tocantins, Maranhão e Pará, previu nesta quarta-feira a Somar Meteorologia.

Enquanto o tempo pouco chuvoso nesta semana deve beneficiar aqueles produtores com soja pronta para a colheita, as chuvas previstas para o início de janeiro devem ajudar no desenvolvimento das lavouras que ainda precisam de umidade para obterem boas produtividades.

De maneira geral, a colheita de soja, principal produto de exportação do Brasil, está começando de forma antecipada neste ano no país.

Relatório da Somar havia apontado anteriormente divergências entre modelos meteorológicos. Enquanto o brasileiro CPTEC-INPE indicava volta da chuva para o centro e norte do Brasil após 5 de janeiro, a simulação americana GFS mantinha o padrão de chuva somente sobre o Sul.

A Somar aponta ainda, para os primeiros dez dias de janeiro que a chuva também retorna para o oeste da Bahia, mas com baixo volume acumulado. No Rio Grande do Sul, no mesmo período, a chuva não para completamente, mas enfraquece.

Nos próximos dias, as chuvas serão fracas na maior parte das regiões produtoras de soja, segundo a Somar.

"O acumulado passa dos 30 milímetros em cinco dias somente no Rio Grande do Sul, na divisa dos três Estados do Centro-Oeste e na região do Bico de Papagaio, no norte de Tocantins."


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink