Ciclo de baixa de preço da soja pode estar no fim

Agronegócio

Ciclo de baixa de preço da soja pode estar no fim

A recente disparada em Chicago pode ser o início de um ciclo de preços altos
Por: -Juan Velásquez
1 acessos

A recente disparada nos preços da soja em Chicago pode não ser apenas uma "bolha", mas o início de um ciclo de preços altos e firmes do grão no mundo e no Brasil. A oleaginosa vinha registrando cotações mais altas decorrentes da evolução dos preços do milho.

"De fato, parte desta alta recente foi especulação, mas agora o cenário mostra a possibilidade de realmente estarmos começando um novo ciclo de alta", diz Anderson Gomes, sócio-diretor da Céleres. Segundo o especialista, o mercado esteve precificando uma diminuição de área plantada nos Estados Unidos no próximo ano. Isso porque a demanda pelo milho naquele país para a produção de etanol está levando o produtor a optar pelo milho em vez da soja.

Segundo Gomes, a relação entre os preços do milho e soja nos Estados Unidos está pendendo mais para o primeiro. "A tendência é de que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda) confirme, no início de 2007, que o milho vai roubar área da soja naquele país", diz Gomes.

Outro fator para que a soja não interrompa a trajetória de alta é um blefe por parte da China, segundo o qual o gigante asiático deve diminuir as importações de milho dos Estados Unidos. De acordo com analistas, o blefe pode causar alta no preço da soja, com um anúncio, em algumas semanas, de que a China voltará a comprar.

Para Fernando Muraro, da Agência Rural, o ciclo de alta da soja pode ter começado, porém em outro formato. "Por enquanto podemos afirmar apenas que o ciclo de baixa acabou", diz Muraro. Segundo Gomes, no Brasil, os preços estão mais firmes que em Chicago, já que agora o mercado interno passa por sua época de escassez sazonal do grão, "e além disso temos estoques menores este ano.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink