Ciclone ganha força sobre o Sul
CI
Imagem: Pixabay
PREVISÃO DO TEMPO

Ciclone ganha força sobre o Sul

Defesa Civil emitiu alerta válido até as 23h desta terça-feira
Por: -Eliza Maliszewski

Desde a madrugada está em atuação sobre o Sul do país um novo ciclone extratropical. Este não é do tipo “bomba” como o que atingiu o Rio Grande do Sul e Santa Catarina na semana passada, deixando dez pessoas mortas e prejuízos que ainda estão sendo contabilizados.

A Defesa Civil gaúcha emitiu um alerta de fortes temporais e ventos na casa dos 60km/h entre as 23 horas do dia 6 e as 23 horas do dia 7 de julho. No entanto institutos de meteorologia, alertam que os ventos podem chegar até os 100 km/h. A preocupação maior é pelos altos volumes de chuva. No Rio Grande do Sul a chuva deve se concentrar na região Leste onde devem ser registrados 100 mm, quase toda a média do mês. Também há alerta para granizo. Na quarta-feira (8) o vento forte deve permanecer sobre o estado. Na quinta-feira (9) as temperaturas despencam. Na Campanha a mínima fica em 3 graus. O frio segue no final de semana. 

Em Santa Catarina a Epagri/Ciram, diz que o ciclone atingirá as regiões do Oeste, Meio-Oeste e Sul. Os municípios estarão em observação, pela Defesa Civil catarinense, devido ao risco de alagamentos, deslizamentos e até mesmo inundações provocadas pelo evento climático. Já na quarta-feira (8), o ciclone deve chegar à região litorânea e ao Planalto Sul, com ventos que podem alcançar de 60 a 80 km/h. A previsão é que os volumes se aproximem dos 100 milímetros. 

VEJA: SC - metade dos municípios têm perdas com ciclone

No Paraná o Simepar também alertou para os ventos podem chegar entre 60 km/h e 70 km/h. Chuva mesmo vai ocorrer entre terça e madrugada de quarta-feira. Depois vem o frio. Na sexta-feira e sábado pode ter geada no estado.

O meteorologista Luiz Renato Lazinski, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet/Mapa), reforça que não há motivo para pânico. “Este ciclone que irá passar pelo Sul do Brasil, entre hoje e quarta-feira, não tem o potencial para causar estragos como o que ocorreu na semana passada. O ciclone desta semana, ocorre normalmente nesta época do ano. Vamos ter ventos com rajadas e temporais isolados,na passagem desta frente fria aqui pelo sul, mas é um ciclone normal”, reforça.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink