Cientistas tornam feno mais nutritivo

ALFAFA

Cientistas tornam feno mais nutritivo

"Precisamos de uma boa maneira de acumular genes valiosos que aumentem a produtividade e a qualidade"
Por: -Leonardo Gottems
117 acessos

Geneticistas da Universidade Estadual de Washington lançaram uma pesquisa de alta tecnologia para chaves genéticas desbloqueando melhorias para a fertilidade da alfafa e, consequentemente, tornar o feno mais nutritivo. A alfafa é uma das culturas de feno mais amplamente cultivadas no mundo, com cerca de 55 milhões de toneladas cultivadas anualmente nos Estados Unidos, sendo utilizado pelos produtores de gado para alimentação nutritiva. 

Ao melhorar as características simples controladas pelos genes principais, os criadores já desenvolveram a alfafa, que resiste à doença e sobrevive aos invernos frios. No entanto, os cientistas têm tido pouco sucesso em melhorar a qualidade do feno e os rendimentos de sementes e forragens, que são controlados por múltiplos genes. 

Isso acontece por causa de um desafio inato à alfafa chamado depressão endogâmica. Ao contrário de algumas culturas, como o trigo, alguns genes de alfafa contêm um mecanismo de autodefesa que impede a consanguinidade, impedindo que os criadores desenvolvam linhagens endogâmicas, que é um passo importante na criação de híbridos com características favoráveis, como feno mais nutritivo e de alta produtividade. 

De acordo com Zhiwu Zhang, pesquisador da Universidade e um dos responsáveis pelo estudo, a alfafa “é um dos nossos melhores e mais importantes alimentos para vacas leiteiras. Raramente uma planta de raça pura sobreviverá a uma quarta geração de endogamia. Mas precisamos de sete ou oito gerações para alcançar uma linha pura que possamos cruzar para alcançar um híbrido saudável e desejável. Precisamos de uma boa maneira de acumular genes valiosos que aumentem a produtividade e a qualidade e a endogamia é a única maneira de podermos fazer isso”. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink