Ciro Gomes explica medidas contra seca e excesso de chuvas

Agronegócio

Ciro Gomes explica medidas contra seca e excesso de chuvas

Por:
1 acessos

Em audiência na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Regional, o ministro da Integração Regional, Ciro Gomes, disse que o governo apóia formalmente a aprovação do Projeto de Lei 3113/04, do deputado Antônio Cambraia (PSDB-CE), que estende a todo o Nordeste, ao norte de Minas Gerais, ao Vale do Jequitinhonha (MG) e ao Vale do Mucuri (MG) o bônus especial de 70% sobre cada parcela paga da renegociação da dívida de crédito rural.

Ele foi convidado para fazer uma análise sobre as conseqüências da seca que atingiu as regiões Sul e Centro-Oeste e do excesso de chuvas que atingiu as regiões Nordeste, Sudeste e Norte do País no início do ano.

O ministro informou que as medidas adotadas foram a reconstrução de 100% das casas destruídas, a antecipação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) para os governos estaduais recuperarem estradas estaduais e municipais, a liberação de mais de R$ 130 milhões para os pontos estrangulados das BRs, a criação de linhas de crédito na área do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para recuperação de barragens e açudes e, ainda, a prorrogação dos prazos de vencimento das dívidas desse Fundo.

Renegociação de dívidas

O diretor de Gestão do Desenvolvimento e presidente em exercício do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Pedro Eugênio Cabral, anunciou na audiência que a intenção do BNB é conseguir renegociar 100% das dívidas dos produtores rurais. Ele disse que, até o final do semestre, o banco deve conseguir aplicar em financiamentos o mesmo volume que foi aplicado durante todo o ano passado, ou seja, R$ 1 bilhão. O convidado explicou que a meta do banco é chegar aos R$ 3 bilhões aplicados em financiamentos até o fim do ano.

O vice-presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), José Ramos Torres de Melo Filho, citou o alto índice de inadimplência do Nordeste e o comparou com as demais regiões. Com base nos dados, ele também defendeu a aprovação do Projeto de Lei 3113/04, que estende para a região o bônus de 70% para quem paga em dia suas dívidas.

Já o representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag) Francisco Miguel de Lucena defendeu que a luta por benefícios para a região Nordeste não acontece por causa da pobreza, mas pelo fato de se tratar de uma região onde os produtores possuem necessidades diferentes das dos demais produtores do país.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink