Citricultor nº 50 destaca os primeiros resultados do manejo externo do greening

GREENING

Citricultor nº 50 destaca os primeiros resultados do manejo externo do greening

Edição analisa ainda o levantamento de greening, cancro cítrico e CVC 2019 e traz informações para o controle integrado de pinta preta e cancro cítrico
Por:
215 acessos

A revista Citricultor nº 50 destaca os primeiros resultados do manejo externo do greening, que vem sendo adotado em várias áreas do cinturão citrícola: fazendas que estenderam o controle da doença para fora de suas porteiras apresentam menor captura de psilídeos e não são afetadas por picos populacionais do inseto na região.

Na entrevista, uma conversa com pequenos citricultores que se uniram para realizar ações externas contra o greening em Taquaral e Taiúva-SP, região onde a citricultura tem forte importância econômica. O tema é abordado em mais uma matéria, que fala de um projeto do Fundecitrus aprovado pela Fapesp que busca validar um pacote de manejo integrado para diminuir as infecções primárias, que são aquelas causadas por psilídeos que adquirem a bactéria do greening fora dos pomares comerciais.

Esta edição analisa ainda o levantamento de greening, cancro cítrico e CVC 2019 e traz informações para o controle integrado de pinta preta e cancro cítrico.

A Citricultor nº50 está disponível para download em https://www.fundecitrus.com.br/comunicacao/revistas

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink