Classe produtora participa do Fundação MT em Campo

DE NORTE A SUL

Classe produtora participa do Fundação MT em Campo

Evento foi realizado nas cidades de Nova Mutum, Sorriso e Itiquira
Por:
114 acessos

Durante o mês de janeiro desse ano, a Fundação de Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, realizou nas cidades de Nova Mutum, Sorriso e Itiquira o Fundação MT em Campo com o objetivo de mostrar para a classe produtora os resultados de pesquisas desenvolvidas pela Fundação MT e pelas instituições parceiras. Os eventos aconteceram nos Centros de Aprendizagem e Difusão (CAD`s) instalados nessas três cidades mato-grossenses.

O tema “Superação: O Caminho para Inovação” norteou os diálogos realizados pela equipe técnica do evento com os participantes. A programação do Fundação MT em Campo contemplou palestras sobre os mais importantes assuntos que interferem diretamente nas lavouras de Mato Grosso. Cerca de 1.200 mil pessoas, entre produtores rurais, agrônomos, consultores, técnicos agrícolas, professores e estudantes participaram do Fundação MT em Campo 2020.

Para Danubia Suellem da Silva, Agrônoma, esse evento agrega muito nas atividades que ela realiza em uma fazenda situada no distrito de Ouro Branco. “Gosto muito de participar desse evento. Renovo meus conhecimentos e consigo aplicar no meu dia-a-dia. No ano passado eu usei informações repassadas nesse evento sobre rotação de cultura em áreas arenosas e obtivemos excelentes resultados.”

O produtor rural Alberto Chiapinott e seu irmão Anselmo avaliam que no Fundação MT em Campo tem todas as ferramentas para o agricultor e sua equipe fazerem com mais eficiência as atividades agrícolas. Eles afirmam que escutam atentamente as recomendações dos pesquisadores, anotam, fazem perguntas e colocam em prática na propriedade.

“Tínhamos uma área com bom material genético, mas não produzia bem. Na palestra sobre nematoide no evento do ano passado aprendemos como identificar com mais precisão os nematoides e como controlá-los. Mudamos as estratégias de plantio e de manejo e conseguimos melhorar os resultados de produção”, revelou Alberto. “É muito importante esse evento da Fundação MT. Nós viemos aqui para buscar informações e recebemos com muita qualidade técnica e com resultados de pesquisas comprovados”, completou Anselmo.

Os dados das pesquisas e os experimentos in loco sobre sistemas de produção foram os que chamaram a atenção do Agrônomo e Consultor João Batista de Almeida. “Fica evidente que esse sistema é o que funciona. É mais importante que a quantidade de investimento em insumos. Comprovamos isso durante os dois dias do evento de uma forma bem didática em que podemos explorar o sistema radicular das plantas.”

Além das palestras, das demonstrações à campo, os participantes também puderam conferir as demonstrações de máquinas e da vitrine de cultivares realizados pelas empresas parceiras do evento.


 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink