Grãos

Classificação de grãos é tema de rodadas técnicas da Aprosoja

Os 24 núcleos da associação já receberam treinamento e uma segunda rodada começa na próxima semana
Por:
215 acessos

Após a primeira rodada técnica voltada aos agricultores mato-grossenses sobre classificação de grãos, a partir da próxima semana inicia-se uma segunda rodada sobre o tema nos núcleos da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja).

Em Primavera do Leste, o treinamento será no dia 25 de outubro. A partir de novembro, eles ocorrem em Tangará da Serra, no dia 1º; em Campo Novo do Parecis, no dia 03; em Campos de Júlio, no dia 06; em Tapurah, no dia 08; em Sinop, no dia 13; e em Cláudia, no dia 14. Outros núcleos ainda devem confirmar as datas nas próximas semanas.

As rodadas são realizadas por meio do programa Classificador Legal, criado em abril deste ano e que conta com classificadores nas quatro regiões produtoras do estado. Os profissionais são regulamentados e homologados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“Nosso objetivo com essas rodadas é que as informações relativas ao processo de classificação de grãos sejam massificadas entre os produtores”, explica o gerente de Defesa Agrícola da Aprosoja, Thiago Moreira.
 
Os treinamentos, ainda conforme Moreira, são técnicos e cabe ao classificador explicar todos os passos realizados para fazer a classificação. “Os participantes recebem informações sobre as instruções normativas da classificação, padronização de amostragem, quais equipamentos os armazéns devem ter, como padronizar a amostra para avaliar o teor de umidade e quais as características que um grão deve ter para ser considerado o desconto”, completa o gerente.

Coordenadora da comissão de Defesa Agrícola, Roseli Giachini afirma que a orientação dada aos agricultores é fundamental no processo mercadológico com os armazéns.

“É importante que nossos associados saibam exatamente o que consta nas instruções normativas para cobrar sua aplicação na amostragem. Uma classificação correta começa na amostragem e devem ser seguidas todas as regras técnicas constantes nas instruções normativas do Ministério da Agricultura. Dessa forma, os treinamentos nos núcleos estão levando conhecimento técnico e argumentos suficientes para os produtores acompanharem a classificação e sua soja na entrega aos armazéns”, define.
 
Ação contínua – Apesar de já haver um cronograma para os treinamentos sobre classificação de grãos nos meses de outubro e novembro deste ano, os núcleos da Aprosoja podem solicitar novas palestras ao setor de Defesa Agrícola da Aprosoja. O contato é defesa.agricola@aprosoja.com.br

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink