Classificatória de Itu garante mais oito conjuntos ao Freio de Ouro

Agronegócio

Classificatória de Itu garante mais oito conjuntos ao Freio de Ouro

Seletiva de São Paulo contou com 55 animais e foi marcada pelo equilíbrio entre os competidores
Por:
273 acessos

A grande final do final do Freio de Ouro 2016 tem novos candidatos ao prêmio. Oito conjuntos garantiram a vaga na decisão da seletiva na Classificatória realizada em Itu (SP), entre os dias 7 e 10 de julho. A prova realizada na pista da Fazenda Capoava foi a penúltima semifinal da temporada e encerrou habilitando quatro competidores na categoria fêmeas e mais quatro entre os machos.

Na categoria fêmeas, julgada por Felipe Maciel, Luiz Martins Bastos Neto e João Francisco Silveira da Silveira, conquistaram a vaga os conjuntos Jaguel Jornalera montada por Fábio Teixeira da Silveira com a média final de 19,710, Umauá do Infinito montada por Libamar Novello com 18,407, e em seguida BT Vergamota II e Gabriel Marty com 18,378 e Ganadera 1187 Maufer com Daniel Marim Teixeira, que somaram 18,064.

Entre os machos, julgados por Carlos Marques Gonçalves Neto, Carlos Loureiro de Souza e Roither Bez Barzan, o primeiro colocado foi RZ Vergonzoso da Carapuça montado por Lindor Collares Luiz com a média 19,724, seguido por Dom Alberto Lucero com o ginete Adriano Streck que alcançaram 19,102, Juazeiro da Bela Aliança com Daniel Marim Teixeira e a média 19,084 e com a quarta vaga Furiozo de Los Campos montado por Antonieto Rosa com 19,024. 

Na avaliação de Barzan, a prova teve um nível muito bom, o que se refletiu nas médias alcançadas. Sobre o primeiro colocado da categoria, comentou que “foi um cavalo que conseguiu se manter equilibrado, tem boa morfologia e que foi muito bem conduzido, por isso alcançou o resultado”.

Com muito equilíbrio desde o início, a prova levou bom público à sede da Fazenda, durante os três dias de provas. Junto à programação da Classificatória, no dia 7, também foi realizada uma Exposição Passaporte, organizada pelo Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos.

A classificatória realizada na cidade do interior paulista começou na quinta-feira, dia 8, quando foram julgadas a etapa morfológica e a primeira funcional, contando com a participação de 55 competidores, 24 na categoria fêmeas e 31 entre os machos. Mesmo com alguns competidores alternando posições entre as etapas funcionais, a sequência da prova mostrou bastante equilíbrio entre os conjuntos, beneficiados pela excelente estrutura da pista e pelo gado ágil.

Na próxima semana, estarão em jogo as últimas vagas na final do Freio de Ouro. A classificatória aberta de Brasília (DF), que acontece entre os dias 14 e 17 de julho no parque da Grande do Torto, será a oportunidade definitiva para quem ainda não garantiu a sua presença na decisão. O circuito do Freio de Ouro conta com o patrocínio de Ipiranga, Massey Ferguson, Ford e com o apoio da Supra. A organização do evento é da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink