CMN aprova preço mínimo para a uva da safra 2011/2012
CI
Agronegócio

CMN aprova preço mínimo para a uva da safra 2011/2012

Para receber o reajuste, o viticultor deve entregar uma uva igual ou acima de 15 Graus Babo
Por:
Para receber o reajuste, o viticultor deve entregar uma uva igual ou acima de 15 Graus Babo, que representa a quantidade de açúcar, em peso, existente em 100g de mosto

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou na última semana os novos valores do preço mínimo da uva. Assim, a uva industrial (isabel) passa de 0,52/kg para de R$ 0,57/kg. A expectativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é de que a medida possibilite investimentos do segmento produtivo na melhoria de seus parreirais, o que se refletirá em uvas, vinhos e sucos de melhor qualidade e mais valorizados pelo mercado.


Para receber o reajuste, o viticultor deve entregar uma uva igual ou acima de 15 Graus Babo, que representa a quantidade de açúcar, em peso, existente em 100g de mosto, se for inferior a isso, de 13 Graus Babo para abaixo, por exemplo, não haverá reajuste no preço mínimo da uva. A produção de uvas provém 66% da região Sul do país. Aproximadamente, 45% destinam-se ao processamento, para a elaboração de vinhos, sucos e outros derivados, concentrado na no Sul, especialmente no Rio Grande do Sul, responsável por 95% do total.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.