CNA ainda não formalizou denúncia contra frigoríficos

Agronegócio

CNA ainda não formalizou denúncia contra frigoríficos

Por:
1 acessos

O Fórum Nacional da Pecuária de Corte da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) ainda não formalizou junto ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) denúncia de possível cartel entre os cinco maiores frigoríficos do Brasil. Na última sexta-feira, o Sindicato Rural de Campo Grande informou que havia recebido informações da Confederação de que a denúncia seria apresentada hoje.

De acordo com a assessoria de imprensa da CNA, foi contratado um escritório de advocacia para preparar o documento para a denúncia. A assessoria explicou que a denúncia será formalizada em breve, mas não sabe confirmar a data em que isso vai acontecer.

No último dia 2 de fevereiro pecuaristas de todo o País sinalizaram que denunciariam ao Cade o que eles consideravam ser cartel da indústria frigorífica.

Segundo eles, desde o dia 25 de janeiro está em vigor uma tabela onde machos castrados, entre 15 e 16 arrobas têm deságio de 3% e os inteiros, com 16 arrobas, preço inferior de R$ 3 por arroba.

Os frigoríficos que estariam usando a tabela de deságio desde o dia 25 de janeiro são o Bertin, Friboi, Independência, Minerva e Marfrig. Destes somente o Minerva não está em Mato Grosso do Sul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink