CNA alerta para prejuízos da importação de arroz

Agronegócio

CNA alerta para prejuízos da importação de arroz

Confederação aponta para os graves prejuízos ao agricultor causados pela importação elevada
Por:
721 acessos
A CNA vem a público alertar para os graves prejuízos ao agricultor brasileiro causados pela importação elevada de arroz

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vem a público alertar para os graves prejuízos ao agricultor brasileiro causados pela importação elevada de arroz. A safra brasileira deste ano foi de cerca de 13 milhões de toneladas, o suficiente para atender plenamente o consumo interno.


Ratifica a proposta do setor, de imediata suspensão das importações de arroz, em especial as originárias do Mercosul. Em um cenário de preços baixos para o produtor, com câmbio que desfavorece a exportação, beneficiando a importação, qualquer medida de apoio à sustentação de preços é ineficaz se não for contida a entrada do arroz vindo de outros países.


A CNA está promovendo todos os esforços junto ao Governo Federal em apoio aos arrozeiros do Brasil, que enfrentam grave conjuntura de mercado, caracterizada pela queda dos preços no mercado interno. Solicitamos ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, ao secretário-executivo do ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Alessandro Teixeira, e ao ministro Antônio Patriota, das Relações Exteriores, o fim da licença automática de importação de arroz do Mercosul, a exemplo do que já foi obtido para o leite.


Ressalta, por fim, que o cenário atual é de grande desestímulo ao produtor de arroz, que recebe R$ 19,00 a saca de 50 quilos, frente a um custo de produção de R$ 29,00. A manutenção deste quadro comprometerá a oferta futura de arroz, com forte pressão inflacionária ao País.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink