Plantas ornamentais

CNA debate aprovação de lei que beneficiará produtores de flores e plantas ornamentais

CNA debateu a aprovação do Projeto de Lei que isenta o cultivo de plantas e flores ornamentais de domínio público da inscrição obrigatória no RNC
Por:
51 acessos

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) debateu a aprovação do Projeto de Lei 88/2014, que isenta o cultivo de plantas e flores ornamentais de domínio público da inscrição obrigatória no Registro Nacional de Cultivares (RNC).

O assunto foi o principal tema da 56ª reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Flores e Plantas Ornamentais que aconteceu nesta semana, na sede da CNA, em Brasília.

Atualmente a proposta está na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal e deverá ir a votação no Plenário da Câmara nas próximas semanas, mas poderá ser reprovada à pedido do Ministério da Agricultura.

Segundo o representante da CNA no grupo, José Eduardo Brandão, a alegação do Ministério é que haveria redução na receita do Governo e dificuldade na fiscalização do trânsito e comercialização de flores e plantas ornamentais.

Na opinião dele, a aprovação é fundamental para reduzir custos e a burocracia para a cadeia produtiva do setor. O Projeto de Lei já havia sido aprovado em todas as comissões da Câmara dos Deputados. 

“Não podemos retroceder agora. Vamos seguir com o nosso parecer e pedir o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) se for necessário. Faremos uma força-tarefa para subsidiar os senadores com informações para conseguirmos o apoio deles no Plenário”, afirmou Brandão.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink