Dia de campo

CNA e Sindicato Rural de Barreiras promovem dia de campo na Bahia

Produtores rurais do Oeste da Bahia e especialistas do setor conheceram fazendas produtoras de frutas
Por:
22 acessos

A continuação do Seminário da Rede Agropecuária de Comércio Exterior (Interagro) aconteceu no campo. Produtores rurais do Oeste da Bahia e especialistas do setor conheceram na terça (3), em Barreiras (BA), fazendas produtoras de frutas. 

A visita foi promovida pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). 

O dia começou na Fazenda Modelo Paulo Mizote, que capacita por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural da Bahia (Senar-BA) mais de cem jovens aprendizes para futuramente trabalharem como supervisores agrícolas. 

“A ideia é aproximar o jovem do campo, ensinar o manejo de culturas, o levantamento de pragas e fertilidade, para que em dez meses, ele saia com um passo dentro da lavoura, seja ela de soja, milho, algodão ou até mesmo de fruticultura no Oeste da Bahia”, disse o presidente do Sindicato, Moisés Schmidt. 

A instrutora do Senar Sílvia Dayube explica que os jovens aprendem na teoria um pouco de matemática, português, saúde do trabalhador, gestão e empreendedorismo e, na prática, todo o controle de produção e até manejo de pragas e insetos.

“Nosso objetivo é despertar neles o interesse de ficar aqui na região, de trabalhar no campo, levar o desenvolvimento e conhecimento para as comunidades que eles vivem e também gerar mais emprego e renda no setor”.

A jovem aprendiz Andreia Lopes já está trabalhando na fazenda e conta que no futuro pretende cursar engenharia agronômica ou ambiental. “É uma experiência inovadora. Todo o conhecimento teórico e prático que estou aprendendo aqui vou aplicar na propriedade da minha família”.

Depois de visitar a propriedade modelo, o grupo seguiu para as fazendas dos produtores Aldo Andreguetti e Alexandre Maciel, para conhecer todo o processo de produção da banana, desde a plantação, colheita até o beneficiamento da fruta.

Para o assessor técnico da Comissão Nacional de Fruticultura da CNA, Eduardo Brandão, a região Oeste da Bahia tem bons índices de produtividade e qualidade dos produtos para ser transformada em um grande polo de exportação de frutas. 

“O objetivo desses dois dias de Interagro foi capacitar os produtores rurais e mostrar que as fazendas dessa região têm potencial para atingir o comércio exterior”.

A Rede Interagro é uma iniciativa da CNA, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e das Federações de Agricultura e Pecuária dos Estados para levar aos produtores rurais informações sobre o comércio exterior e a importância das exportações para aumentar a competitividade e valorizar os produtos agropecuários.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink