CNA propõe parcelar até 2009 dívidas de custeio

Agronegócio

CNA propõe parcelar até 2009 dívidas de custeio

Por:
1 acessos
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vai propor ao governo o alongamento do prazo das dívidas de custeio e de investimentos de produtores rurais numa tentativa de amenizar o efeito da queda da renda agrícola este ano. Representantes de 11 federações estaduais de agricultura se reuniram ontem na CNA, em Brasília, para discutir a crise de renda. "A situação está difícil em todo o país, a defasagem de preços é grande e houve aumento de custos", disse Macel Caixeta, presidente da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA.


Segundo ele, o aumento médio dos custos de grãos em 2004/05 foi de 35% sobre o ciclo anterior. No mesmo período, os preços de grãos caíram até 50%. Caixeta disse que a queda do dólar também afeta a renda do produtor. "Compramos insumos para o plantio com o dólar entre R$ 3,10 e R$ 3,20, e agora, na comercialização da safra, está abaixo de R$ 2,60". De acordo com ele, neste cenário os produtores não conseguirão pagar as dívidas de custeio e de investimentos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink