CNA realiza reunião da Comissão de Bovinocultura de Corte na Expozebu

Bovino

CNA realiza reunião da Comissão de Bovinocultura de Corte na Expozebu

CNA se reuniu nesta quarta (2), na 84ª Expozebu, para apresentar conquistas do setor e ações que serão desenvolvidas em 2018
Por:
67 acessos

A Comissão Nacional da Bovinocultura de Corte da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu nesta quarta (2), na 84ª Expozebu, para apresentar conquistas do setor e ações que serão desenvolvidas em 2018. Um dos temas debatidos foi a proposta do setor produtivo para a classificação e tipificação de carcaças bovinas.

O presidente da Comissão de Bovinocultura de Corte, Antonio Pitangui de Salvo, destacou a competitividade do setor. “Nós vamos defender fortemente o crescimento da bovinocultura de corte brasileira para que possamos alcançar novos mercados e mostrar para o mundo inteiro que a pecuária é sustentável e a carne produzida n Brasil possui grande qualidade”.

Pitangui lembrou que neste mês o Brasil obterá o status livre de aftosa com vacinação, reconhecimento que será dado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). “Estima-se que em 2022 estejamos livres da febre aftosa sem vacinação. Com isso, certamente, vamos conquistar novos mercados”, afirmou. 

O coordenador do Grupo Técnico de Defesa Sanitária da CNA, Decio Coutinho, apresentou o protocolo de classificação e tipificação de carcaças bovinas. A proposta foi desenvolvida pelo grupo de trabalho da Comissão da CNA, em conjunto com a Abiec, Abrafrigo, associações representativas dos criadores das raças Angus e Nelore, Assocon, USP e Unicamp.

De acordo com Decio Coutinho, a adoção de um sistema único pelos frigoríficos terá maior segurança e transparência ao pecuarista, permitindo a adoção do pagamento por qualidade e elaboração de novos programas de bonificação ao produtor. 

A proposta do protocolo será apresentada na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Carne Bovina do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no dia 7 de maio.  

Na reunião, o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Francisco Olavo Pugliesi de Castro, foi anunciado como o novo vice-presidente da Comissão Nacional de Bovinocultura de Corte da CNA.

Comunicação - Por videoconferência, o publicitário Nizan Guanaes disse aos integrantes da comissão que o setor agropecuário precisa contar suas histórias de sucesso para o Brasil e para o mundo.

Clique aqui pra ver mais fotos da reunião.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink