CNA vai ganhar comissão de Silvicultura

Agronegócio

CNA vai ganhar comissão de Silvicultura

A discussão de propostas que permitam a melhoria da atividade de reflorestamento no Brasil estará entre as funções da nova Comissão Nacional
Por:
881 acessos

A presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu, anunciará nesta terça-feira (09-11), durante o 1º Congresso Florestal do Tocantins – Tocantins Florestal, em Palmas (TO), a criação da Comissão Nacional de Silvicultura da CNA. Na abertura do evento, no Theatro Fernanda Montenegro, a presidente da CNA fará palestra sobre “O Novo Código Florestal Brasileiro”.

A discussão de propostas que permitam a melhoria da atividade de reflorestamento no Brasil estará entre as funções da nova Comissão Nacional. Caberá a esta Comissão assessorar a diretoria da CNA sobre as questões na área da produção florestal, elaborando estudos e propostas que contribuam para o desenvolvimento do setor. A CNA tem 14 comissões nacionais, cujos trabalhos são conduzidos por um presidente nomeado pela CNA. As comissões têm número variável de membros, indicados pelas Federações da Agricultura, associações e cooperativas que atuam em cada um dos segmentos representados. As empresas do setor também podem participar das reuniões, a convite do presidente da comissão.

A Comissão Nacional de Silvicultura será a 15ª da CNA. A importância do setor de florestas plantadas levou a CNA a criar a comissão. Em 2009, a área total de florestas plantadas de eucalipto e pinus em todo o Brasil atingiu 6,310 milhões de hectares, crescimento de 2,5% em relação ao total de 2008, de acordo com números da Associação Brasileira de Produtores de Florestas Plantadas (ABRAF).

Na avaliação da ABRAF, o crescimento de 25% ficou abaixo do potencial do segmento, reflexo da crise financeira internacional de 2008, que afetou a economia mundial e resultou em queda na demanda pelos produtos produzidos a partir de madeira originária de florestas de eucalipto e pinus. No período de 2005 a 2008, o crescimento médio anual foi de 5,5%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink