CNH aumenta suas exportações
CI
Agronegócio

CNH aumenta suas exportações

Por:

As exportações de máquinas agrícolas da CNH (Case-New Holland) para a Venezuela cresceram 770% e o país já representa 60% dos embarques para a América Latina, tanto em receita quanto em unidades. Foram 400 tratores, em relação aos 42 do último ano, e 50 colheitadeiras, ou 33 a mais do que em 2001, embarcadas ao longo do ano, elevando o faturamento em US$ 15 milhões. Segundo Sergio Plaut, diretor de negócios da New Holland para a região norte da América Latina, a Venezuela sempre foi um mercado importante. O principal mercado dos tratores brasileiros são os Estados Unidos (38%), seguido de Venezuela (13,5%) e Chile (7%). Porém, segundo o executivo, o que faltava era uma política de incentivo que possibilitasse ao País renovar suas máquinas agrícolas.

O estimulo veio com a abertura de uma linha de crédito de US$ 80 milhões, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para financiar a compra de máquinas agrícolas fabricadas no Brasil.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.