CNH já acredita que crescerá mais que o previsto este ano

Agronegócio

CNH já acredita que crescerá mais que o previsto este ano

O ajuste resulta das melhores perspectivas principalmente para a produção de grãos
Por:
79 acessos

A multinacional CNH, dona das marcas de máquinas agrícolas Case e New Holland, informou ontem que suas vendas deverão crescer 28,5% no Brasil em 2007. Antes a empresa projetava um incremento da ordem de 25%, e o ajuste resultou das melhores perspectivas principalmente para a produção de grãos.

No primeiro semestre, divulgou a CNH em comunicado, a produção em sua fábrica de Curitiba (PR) aumentou. No caso dos tratores, o incremento apurado foi de 26,5%; na linha de colheitadeiras, de acordo com a múlti, o salto verificado foi da ordem de 45,6%. Assim, sempre conforme a empresa, foram produzidas 5.809 máquinas nos seis primeiros meses deste ano, ante 4.509 de igual intervalo de 2006.

Entre janeiro e junho, toda a indústria instalada no Brasil vendeu 13.621 tratores e 946 colheitadeiras, e a CNH informou que encerrou o período com participação de 22,7% no mercado de tratores e de 42,9% no de colheitadeiras. Apesar da recuperação das vendas, a companhia não acredita que o movimento voltará aos níveis recordes de 2004.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink