Coamo negocia bônus para soja convencional

Agronegócio

Coamo negocia bônus para soja convencional

Por:
1 acessos

Na safra 2005/06 a Coamo vai negociar um pagamento adicional nas exportações de soja convencional, disse o presidente da cooperativa José Aroldo Gallassini. A cooperativa lidera as exportações do complexo soja no Paraná e ela tem estrutura para segregar a produção desde o plantio até o carregamento no navio, disse o presidente.

De acordo com Gallassini, essa negociação foi facilitada com a regularização da MP 223 e com a legislação sobre soja transgênica. Na mesa de negociação, vamos dizer a nossos clientes europeus que o plantio da soja transgênica foi liberado no Brasil e se eles quiserem comprar a soja convencional terão que pagar pelo custo da segregação, que vai envolver desde a produção, industrialização, transporte por caminhão até o embarque no navio, detalhou.

Gallassini justificou que não há como exigir do produtor o plantio da soja convencional, cujo custo de produção é mais elevado, sem recompensá-lo. (V.C.)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink