Cobrança do FUNRURAL é considerada ilegal

Agronegócio

Cobrança do FUNRURAL é considerada ilegal

Decisão do STF e do Tribunal Regional da 4ª Região beneficia produtores rurais
Por: -Marianna Rebelatto
1821 acessos
Decisão do STF e do Tribunal Regional da 4ª Região beneficia produtores rurais

A legalidade da cobrança do FUNRURAL, tributo com alíquota de 2,1% sobre a comercialização da produção, está há anos em discussão na justiça.

O advogado e colunista do Agrolink, Fábio Lamônica Pereira, em sua mais recente coluna, esclarece que o Supremo Tribunal Federal declarou que “o imposto estava baseado em lei inconstitucional e, portanto, não poderia ser exigido dos produtores”.

No início deste mês, o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre (RS) e que abrange todos os estados da região sul, também considerou a cobrança ilegal e inconstitucional. “Dessa forma, os produtores passam a contar com mais segurança jurídica, no âmbito do TRF4, no sentido de que os pedidos de ressarcimento dos valores recolhidos indevidamente serão tratados de acordo com o posicionamento do STF”, destaca Lamônica.

Para saber mais sobre a cobrança do FUNRURAL, leia a coluna “FUNRURAL: nova vitória dos produtores”, de Fábio Lamônica Pereira.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink