Codasp enriquece a flora paulista em 2016 com plantio de 61 mil mudas

Agronegócio

Codasp enriquece a flora paulista em 2016 com plantio de 61 mil mudas

Para o secretário Arnaldo Jardim, o trabalho desenvolvido pela Codasp beneficia a sociedade
Por:
357 acessos

Para o secretário Arnaldo Jardim, o trabalho desenvolvido pela Codasp beneficia a sociedade

A flora paulista ficou maior em 2016 com as 61 mil mudas plantadas pela Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp), vinculada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento paulista. Outro ganho ambiental do Estado neste ano promovido pela Codasp foram os cerca de 270 quilômetros de estradas rurais readequados pelo Programa Melhor Caminho/Pontos Críticos.

A Companhia tem a preocupação com o meio ambiente como modo de atuação e, além dos tradicionais serviços de motomecanização, também auxilia na recomposição de áreas degradadas com o plantio. Somente neste ano, foram plantadas no reservatório de Paraitinga, em Salesópolis, 54 mil mudas – distribuídas em um raio de 30 metros na área de preservação permanente (APP).

A obra atende demanda do Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo (Daee) e tem investimento de R$ 249.050 no reflorestamento e reparação da área. Outras 7 mil mudas foram plantadas na cidade de Holambra por meio de parceria entre a Secretaria de Agricultura e a Fundação Banco do Brasil.

Já o Melhor Caminho/Pontos Críticos também colaborou com a preservação ambiental ao readequar aproximadamente 270 quilômetros de estradas rurais em 2016. Ao todo, 29 municípios foram atendidos pelas melhorias executadas pela Companhia – que para 2017 continua com a preocupação ambiental como balizadora de suas ações.

“Vamos continuar investindo nos serviços de reflorestamento. A preocupação ambiental continuará sendo essencial no próximo ano na execução dos nossos serviços”, garantiu o presidente da Codasp, Alexandre Penteado Pires.

Outra importante obra de 2016 destacada pelo presidente é a construção de 12 tanques-rede para criação de alevinos, melhoria executada no Polo Regional de São José do Rio Preto da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) da Pasta. “É um serviço muito importante para a piscicultura paulista”, definiu Pires.

Para o secretário Arnaldo Jardim, o trabalho desenvolvido pela Codasp beneficia a sociedade, promove a preservação ambiental e desenvolve a agricultura sustentável. “Com ações como essas seguimos a orientação do governador Geraldo Alckmin a fazer uma agricultura harmônica com o meio ambiente no Estado de São Paulo”, ressaltou o titular da Pasta.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink