Colheita de atemoia está chegando ao fim em São Paulo
CI
Agronegócio

Colheita de atemoia está chegando ao fim em São Paulo

Este ano as frutas ficaram prontas mais cedo
Por:
A colheita da atemóia está chegando ao fim em São Paulo. Este ano as frutas ficaram prontas mais cedo.

Na propriedade da agricultora Hélia Muraoca, a safra deveria durar até setembro, mas o frio excessivo algumas semanas atrás e a falta de chuva regular nos últimos meses anteciparam o fim. “Começamos no fim de abril e já estamos quase no final. No ano passado, começamos no início de maio e terminamos em outubro”, explicou.

Segundo a produtora, os 1,3 mil pés da fruta serão colhidos, mas 25% foram comprometidas pelo clima. Houve um prejuízo de 15% no bolso.

A atemoia é uma fruta híbrida, obtida no início do século 20 a partir de cruzamentos realizados entre a pinha, ou fruta-do-conde, e a cherimoia. A fruta tem um alto teor de proteínas, açúcares, potássio e vitamina C.

O agricultor Júlio César de Carvalho resolveu investir nesse tipo de plantação. Foram quase dez anos de trabalho. Hoje, ele tem 500 pés na propriedade em Pilar do Sul. Ele vende principalmente para a grande São Paulo e exporta a fruta para os Estados Unidos e Canadá. Este ano, a produção da fruta aumentou 40% em relação ao ano passado.

Um dos motivos foi o cuidado com a fruta. Árvores em volta da plantação formam uma barreira que impede a passagem do vento. Assim, a atemoia não é prejudica. O resultado é uma fruta com mais qualidade e melhor preço no mercado. O produtor também instalou um sistema de irrigação que vem do alto.

Mas seu Júlio não quer parar por aí. Já começou a plantar outros pés de olho no futuro. “Eu estava querendo procurar uma fruta nova para trabalhar. Toda vida eu trabalhei com ponkan e uva. E eu queria uma nova variedade. A atemoia, há oito anos, era novidade para mim. Daí eu comecei a investir na fruta e estou gostando”, disse.

O preço da atemoia varia de R$ 1,80 a R$ 3,00, dependendo do tamanho da fruta.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.