Colheita de milho e soja atinge 75% no Extremo-Oeste de Santa Catarina


Agronegócio

Colheita de milho e soja atinge 75% no Extremo-Oeste de Santa Catarina

Por:
3 acessos

A colheita de soja e milho no Extremo-Oeste de Santa Catarina chega a 75% e deve registrar aumento de 10% em comparação a safras anteriores. Para este ano, o rendimento das lavouras devem animar os produtores, ao contrário do ano passado quando as culturas foram atingidas pela forte estiagem. Além do maior volume de grãos, a safra deste ano é uma das melhores das últimas duas décadas em termos de qualidade. Por causa do grande volume, as cooperativas chegaram a solicitar aos produtores que atrasassem a colheita por não haver espaço e estrutura suficientes para a secagem e armazenamento de grãos. Porém, somente 50% do milho e 30% da soja que entraram nos silos das cooperativas foram vendidos. O restante deve permanecer armazenado a espera de aumento de preço no mercado nacional e internacional. Neste momento as cooperativas estão trabalhando com fluxo normal.

Segundo a empresa de consultoria, Safras & Mercado, a colheita de milho da safra 02/03 já cobre 85,4% da área estimada na região Centro-Sul do Brasil. Em igual período do ano passado, a área colhida chegava a 87,5%. O Rio Grande do Sul já colheu 83% das lavouras, avanço de quase 20% em comparação com o relatório semanal da Emater/RS divulgado na sexta-feira, que apontou colheita de 65%. Em Minas Gerais, a maior área cultivada na região, estimada em 1.393 mil hectares, a colheita já chega a 48%. Os produtores da região Centro-Sul deverão colher 6.313 mil hectares na atual temporada, contra 6.755 mil hectares na safra passada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink