Colheita de soja em Sapezal evolui para 5%

Agronegócio

Colheita de soja em Sapezal evolui para 5%

Por:
1 acessos

Apesar do excesso de chuvas, a colheita da soja evoluiu, ainda que lentamente, na região de Sapezal, oeste do Mato Grosso. Segundo fonte da Sementes Maggi, de atuação local, a área colhida já chega a 5% e os níveis de produtividade têm crescido. Na semana anterior, a colheita era de apenas 1,5%.

O rendimento das primeiras lavouras situou-se entre 1.920 e 2.100 quilos por hectare. Mas agora a média já subiu, atingindo produtividade entre 2.760 e 2.820 quilos por hectare. "No geral, o estado das lavouras é bom e a ferrugem está controlada", resume a fonte, lembrando que a maior parte das lavouras está nas fase de floração e maturação.

O desenvolvimento da safra 2004/05 tem ocorrido de forma bastante favorável, com clima adequado e controle rígido das doenças. "A condição da lavoura é excelente e o desenvolvimento tem sido bem conduzido. Somente a soja super precoce deverá apresentar um rendimento menor, devido a falta de chuvas no início do ciclo".

Mas nas demais plantações a situação é muito boa. "Há focos de ferrugem, mas estes estão totalmente controlados. Os produtores da região aprenderam a lição no ano passado", lembra a fonte, referindo-se às perdas na produtividade provocadas pela incidência da ferrugem asiática na temporada 2003/04. Segundo a fonte, a soja precoce já recebeu duas aplicações de defensivos na atual temporada.

A colheita na região tende a se intensificou-se no final de janeiro, tendo o seu forte no período fevereiro/março. Se as condições continuarem favoráveis, a produtividade média na região deverá bater em 52 sacas por hectare (3.120 quilos), contra 48 sacas por hectare (2.880 quilos) da temporada passada, prejudicada pelo excesso de chuvas de fevereiro.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink