Colheita do milho atinge 62% em Mato Grosso

Agronegócio

Colheita do milho atinge 62% em Mato Grosso

Colheita da safrinha 2009 já chega a 42% da área plantada no Centro-Sul do Brasil
Por:
483 acessos

Da AgRural - A colheita da safrinha 2009 já chega a 42% da área plantada no Centro-Sul do Brasil, de acordo com levantamento concluído na última quinta-feira, pela AgRural. Em relação aos números apurados duas semanas atrás, quando 23% da área estava colhida, o avanço é de 19 pontos porcentuais.

O estado com o trabalho mais adiantado é Mato Grosso, com 62% da área de safrinha já colhida, contra 41% há duas semanas. As produtividades obtidas continuam superando as expectativas, o que reforça a estimativa de média em torno de 76,7 sacas por hectare no Estado, um recorde.

Em Goiás, onde a colheita chega a 45% da área, os rendimentos também são altos e a média pode superar as 78,3 sacas da safrinha passada. No Paraná, que tem 36% da área colhida, a quebra por seca e geada deve ser um pouco menor que a inicialmente estimada. O governo do estado calcula produção de 4,76 milhões de toneladas, acima dos 4,59 milhões estimados antes.

MT – Conforme números do último levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Mato Grosso tem na safrinha de milho a previsão de colheita de mais de 6,35 milhões t, contra 4,68 milhões t do Paraná, sendo neste ciclo o maior produtor de milho segunda safra, como também o maior de grãos e fibras.

IMEA – O volume embarcado de milho no 1º semestre dos anos de 2007 a 2009 evoluiu significativamente, sendo que o ano de 2009 aumentou 139% comparado ao ano anterior. O acumulado do mês de junho de 2009 teve uma expressiva redução, exportando apenas 4,8 toneladas, mas não sendo suficiente para reduzir o desempenho do acumulado anual. Ainda, segundo o boletim semanal do milho, elaborado pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária (Famato), o mercado do milho disponível continua a passos lentos, no entanto, o produtor está contando os dias para o leilão que terá início na próxima semana, dia 21. Enquanto isso, o produtor dedica-se a realizar a colheita do milho já com perspectiva de preço.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink