Colheita do milho no RS está adiantada
CI
Agronegócio

Colheita do milho no RS está adiantada

Apesar das interrupções causadas por chuvas intensas e freqüentes, o percentual de área colhida chega aos 38%
Por: -Sandra

A colheita do milho no Rio Grande do Sul segue em ritmo considerado normal em que pese as interrupções causadas por algumas chuvas intensas e freqüentes. Nessa semana, o percentual de área colhida chega aos 38%, ficando igual ao da safra anterior e um ponto à frente da média dos últimos cinco anos. Considerando-se as demais fases, entretanto, a atual se encontra mais adiantada, demonstrando que, ano a ano, o produtor vem antecipando o plantio sempre que possível, tentando evitar que a fase de floração e de enchimento de grãos não coincidam com as estiagens que freqüentemente ocorrem no Estado entre dezembro e fevereiro.

Outro fato observado nos últimos anos é o aumento do plantio de variedades precoces e super precoces, com o objetivo de conseguir uma segunda safra quando o mercado se mostra promissor em termos de preço (o que vem ocorrendo neste momento), embora muitas vezes a semeadura ocorra fora do período recomendado pelo zoneamento agroclimático.

Com a entrada da safra nova, os preços oscilam entre as praças, variando entre um mínimo de R$ 16,00 e um máximo de R$ 19,00. O preço médio oferecido ao produtor em âmbito estadual ficou em R$ 17,18, representando uma variação de –0,98% em relação ao preço da semana anterior de R$ 17,35. Os volumes negociados foram considerados normais para esta época. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink